killall

De LinuxPédia
Ir para: navegação, pesquisa


O comando killall funciona de maneira semelhante ao comando kill, com a diferença que ao invés de mandarmos um sinal para um programa com o pid especificado, mandamos um sinal para todos os processos que possuem o nome especificado. O fato de matar o processo pelo nome faz com que esse programa seja preferido por pessoas com menor experiência com Linux.

Podemos utilizar o comando killall para fechar, matar, parar a execução ou dar continuidade a execução de um processo.

Para mais informações sobre processos e suas características no Linux ver processos e kill.

Para ver processos em execução usar os comandos ps e top.

Sintaxe

killall [Opções] [nome]


nome = Nome do processo para o qual desejamos mandar um sinal


Opções mais comuns

-e Para que o nome do processo tenha que ser exatamente o informado. Se um nome tiver mais de 15 caracteres, o killall mata todos processos que tenham os primeiros 15 caracteres coincidentes
-I Não diferencia maiúsculo de minúsculo no nome do processo a ser matado
-i Pede confirmação antes de enviar o sinal
-l lista todos os nomes de sinal possíveis
-q Não dá nenhuma saída caso nenhum processo seja sinalizado
-s sinal ou --signal sinal Define o sinal a ser enviado. O padrão é o SIGTERM.
-w ou --wait Espera que todos processos sejam mortos. O killall checa uma vez por segundo se todos processos que batem ainda existem até que não haja coincidências. Note que se o sinal for ignorado o killall ficará rodando pra sempre.
-o ou --older-than Bate com o processo mais velho (iniciado antes) de um tempo específico. Unidades podem ser s,m,h,d,w,M,y segundos, minutos, horas, dias, semanas, meses e anos
-u ou --user usuário Mata todos processos que pertencem a um usuário específico. Nesse caso o nome do processo é opcional.
-y ou --younger-than Funciona da mesma forma que o -o só que para processos iniciados depois de um tempo específico.


Exemplos

Matar todos processos relacionados a um processo específico (nesse caso firefox)

killall -9 firefox

Mata todos processos relacionados a firefox.


Matar somente um processo especificado

killall -e firefox

Mata somente o processo com nome firefox


Matar um processo pertencente a um usuário específico com confirmação

killall --user John -v -i nautilus

Mata processo de nome nautilus do usuário (--user John) John e pergunta se temos certeza de que vamos matar o processo (-i) Após confirmar com yes (teclando Y) o killall vai mostrar se o sinal foi enviado com sucesso com o sinal 15 (-v).


referências

man killall